Apostas desportivas online

Vídeos, lives e memes: como prefeitos têm modernizado comunicação com a população

Tema será discutido no Seminário de Gestores Públicos, promovido pelo Diário do Nordeste

Redes sociais são um caminho para que gestores públicos possam se aproximar dos cidadãos
Legenda: Redes sociais são um caminho para que gestores públicos possam se aproximar dos cidadãos
Foto: Tânia Rêgo/Agência Login e registro

A menos de dois meses para o início da campanha eleitoral, gestores públicos precisam ficar atentos para não cometer ilegalidades eleitorais. Neste período de pré-campanha – e mesmo durante a campanha –, as mídias sociais podem virar uma armadilha para políticos diante do risco de propaganda irregular.

O alerta é feito pelo consultor em marketing político Leurinbergue Lima. Por outro lado, ele destaca que as ferramentas digitais são fundamentais para prefeitos, vereadores e deputados como forma de se aproximar da população e dar transparência à gestão. 

Esses cuidados para evitar dores de cabeça com a Justiça Eleitoral e as dicas sobre como políticos podem usar comunicação a seu favor terão espaço nos debates do Seminário de Gestores Públicos, que chega a sua 10ª edição neste ano. 

Promovido pelo Diário do Nordeste, o evento discutirá soluções para ajudar prefeitos a modernizar e superar desafios municipais. O Seminário ocorre nos dias 22 e 23 de junho, no Centro de Eventos do Ceará. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas no .

Redes sociais e gestão pública

Já no primeiro dia, a partir das 14h30, Leurinbergue Lima comandará um painel sobre “a importância das redes sociais e o impacto nas gestões municipais”. O palestrante é diretor Norte-Nordeste do Clube de Profissionais de Marketing Político (CAMP).

“Pretendo falar, inicialmente, sobre como as prefeituras têm que se comunicar respeitando as leis que orientam sobre a publicidade eleitoral. Muitas gestões municipais não entendem isso e deixam essa área nas mãos de profissionais sem qualificação”, aponta o consultor.

Segundo Leurinbergue, o descuido na hora de escolher quem irá gerir a comunicação de uma gestão pode custar caro.

“Acabam cometendo erros básicos, não só estratégicos, mas também jurídicos. Sem falar de alguns erros ao comunicar em canais errados, de forma errada, algumas vezes fazendo promoção pessoal e não comunicação institucional”
Leurinbergue Lima
Consultor em marketing político

Cuidados jurídicos

A atenção precisa ser redobrada para políticos que pretendem disputar o pleito deste ano. Com o início da campanha previsto para agosto, a Justiça Eleitoral já publicou a resolução 23.610 orientando sobre a propaganda eleitoral. 

Segundo o documento, é livre a propaganda eleitoral em blogs ou páginas na internet ou redes sociais das candidatas e candidatos, partidos políticos, coligações ou federações, desde que seus endereços sejam informados à Justiça Eleitoral.

A regra, no entanto, vale apenas para os perfis pessoais dos políticos. Já páginas ou perfis institucionais, seja da prefeitura, seja de órgãos ou pastas vinculadas, não podem fazer propaganda eleitoral. 

Para o consultor de marketing político, ter uma separação clara entre a comunicação institucional e as redes pessoais dos gestores é um dos principais desafios. 

“Na comunicação institucional há mais limitações, a abordagem precisa ser diferente, assim como a linguagem. Já na comunicação do prefeito, por exemplo, a liberdade é maior. Em resumo, é preciso entender que cada meio tem uma forma diferente de ser usado”, aponta. 

No caso de perfis de órgãos públicos, o objetivo deve ser a prestação do serviço, afirma Leurinbergue. “Tem quer claro, objetivo, esclarecedor e direto. A população precisa entender a campanha de vacinação, por exemplo, a obra que foi iniciada, as matrículas que estão abertas. Se tudo isso for bem feito, ajuda a população e o gestor ganha os louros de uma gestão atuante”, explica.

Um bom exemplo destacado por ele são os boletins informativos sobre a situação da Covid-19 nos municípios, estratégia que a maioria das prefeituras do Ceará passou a adotar desde o início de 2020. 

Já no uso pessoal das redes sociais, o consultor político aponta mais possibilidades. “As pessoas querem conhecer o político, a rotina, ver os hábitos, perceber que ele é gente como a gente, que pratica atividade física, que está com a família, então são possibilidades interessantes para um político ser ‘digital influencer’”, afirma. 

Neste caso, há uma maior liberdade para a realização de vídeos, lives, reprodução de memes e produção de vídeos. 

O consultou ainda ressalta que outros meios de comunicação também devem ser valorizados e vistos com a mesma atenção pelos gestores.

“Os jornais continuam tendo sua força, assim como blogs, outdoor, televisão, rádio, além de outros formatos, como podcasts. Tudo isso pode ser explorado como forma de chegar ao cidadão. Um político não pode desprezar os meios tradicionais, ele precisa apenas entender as particularidades”, conclui.

SERVIÇO

Seminário de Gestores Públicos
Quando: 22 e 23 de junho
Onde: Centro de Eventos do Ceará (Av. Washington Soares, 999)
Inscrições: gratuitas, no site  

 


| Apostas de futebol ao vivo | | Palpites Brasileirão Serie A | | Mega-Sena hoje | | AFUN - Apostas de futebol online | | Quando começa a Copa do Mundo de 2022 | | Copa do Mundo | | Apostas futebol | | Conselhos sobre apostas de futebol | | Apostas Esportivas | | Serie A | | AFUN - Plataforma oficial de apostas | | Jogue roleta online | | Palpites de Hoje | | Copa do Mundo | | Melhores sites de apostas de futebol online 2022 | | Premier League | | Prévia de apostas de futebol | | Jogo de roleta | | Roleta da sorte online | | Recomendações de apostas para a Copa do Mundo | | Apostas desportivas online | | Melhor Bookmaker brasileiro | | Bacará ao Vivo | | Mega Sena | | Renda on-line de comércio eletrônico | | AFUN - Plataforma de apostas esportivas | | Ganhe dinheiro online com seu telefone celular | | Dicas de apostas de futebol | | Brasileirão Série A Futebol Brasil | | Betano apostas esportivas |